Na linha de frente

Olá a todos,

Começo este blog aqui na CartaCapital  para contar um pouco o que tem sido essa empreitada em parceria com o projeto mais revolucionário do  jornalismo investigativo mundial – o WikiLeaks. Como outros jornalistas independentes de todo o mundo, tenho colaborado com a publicação dos documentos. Com base neles, estou escrevendo matéria diárias para o site.

Não é à toa que o WikiLeaks  está sob ataque.  É algo novo, com o qual os poderes não sabem lidar. Enquanto escrevo essas linhas o fundador Julian  Assange está preso, sem contato com seus colegas. Todos os que estão escrevendo para o site, como eu, têm que lidar com links que quebram, endereços que saem do ar, grampos e  ataques hackers de todo tipo. O dinheiro foi congelado.

Aqui neste blog vou ter a certeza de que o conteúdo inédito vai sair em primeira mão. E também vou dividir essa experiência na linha de frente do jornalismo.

Anúncios

47 Respostas para “Na linha de frente

  1. “tenho certesa de que agora nos vamos evoluir, Sossialmente…”/// este social com dois SS deve ser o sossialismo da SS…

  2. Romero Franceschini

    Dificil e’! eu conceguir descrever, tamanha e’ a minha, ( alegria )
    de ter encontrado este Blog e nele, ter constatado tudo oque eu, ja avia imaginado! e nele constatar que eu, nao estava errado, e graças a vc, Natalia Viana, e a’ Wikileaks, tenho certesa de que agora nos vamos evoluir, Sossialmente, Cuturalmente, Politicamente, Comercialmente, e ate Militarmente. Acredito fielmente, que estamos vivenciando o inicio de uma grande revoluçao, nao armada! e nao so do jornalismo, mas tambem como da Politica mundial, Comercial, e Militar. Me desculpem se a’ minha ortografia esteja ruim, eu sou um simples operario Brasileiro, com apenas o primario escolar, que teve a oportunidade de viver fora do Brasil, ja estou `a cerca de 13 anos fora do Brasil, onde eu tive a felicidade de conviver, com as mais vaiada nassionalidades, onde sempre tinhamos discuçoes amigaveis, e sempre concordavamos em um ponto! o USA, e com certesa o maior manipulador do planeta, em todas as areas, criou uma nova palavra!
    ( LOBBY ) que nada mais e’ para mim, e muitos devo dizer, ( CURRUPÇAO )
    Politica, Comercial, e Militar, no ambito e no ansseio de controlar, tudo e a’ todos. Mas que com certesa, apartir do que representa a iniciativa da, Wikileaks, e do trabalho de pessoas como vc, Wikileaks, as coisas irao mudar, e na velocidade da Web…nao vai demorar!
    (obs) faltou so mais um meio de divulgaçao, de seus Post, se tradando do Brasil, e tentando atingir todas as classes sossiais, Brasileiras, eu a aconselho incluir o, ( ORKUT ) como meio de disipaçao de seus Posts!
    No mais, muito obrigado! Natalia Viana…
    conte comigo…………..<<>>

  3. Julian Assange na WikiLeaks. Nós na Viqui Liquis. E Lula a brindar à felicidade de Chissano. http://viquiliquis.blogspot.com/

  4. Alguns chavões que me vem a mente sobre o caso Wikileaks:

    1) “Faça o que eu falo, não faça (a m…) que faço” (EUA para o Terceiro Mundo, sobre “””democracia”””) ;

    2) “Fogo morro acima, água morro abaixo, quando a gurizada quer, não há quem segure” (Sobre a gurizada hacker que tem atacado os sites da Mastercard, Governo Sueco, etc)

    3) “É só pra inglês ver!” (EUA, sobre a democracia – lógico, troque inglês por pobre…)

    4) “Querer não é poder” (Governo dos EUA, para os 6 bilhões de habitantes do Planeta Terra)

    5) “Rá! Pegadinha do Mallandro!” (Promotoria Sueca, dando uma de Desembargadora do caso Mizael)

    Um abraço, Nathalia!

  5. Carta e Natália, parabéns pela iniciativa tinha que ser a CARTA CAPITAL.

    Natália, cuidado! Vão casar seu visto, te acusar de terrorista cibernética e/ou passará a ser procurada pela Interpol. rs

  6. Lucas Soares Nogueira da Gama

    Parabéns!
    Já está favoritado. Leitura diária, e divulgação constante.
    Contem comigo

  7. Moro em Uberaba – MG, seu trabalho é de suma importância para o Brasil e o mundo, não podemos deixar que o esforço de Assange e seus companheiros de luta seja em vão, conclamo aos blogueiros progressitas o engajamento na divulgação do trabalho de Natalia Viana em apoio ao Wikileaks. Uma frase que de Magareth Mead, antropóloga americana, que simboliza esta luta contra a manipulação mundial (EUA) “Nunca pense que um pequeno grupo de pessoas pode mudar o mundo, na realidade são elas que sempre mudaram.” Abraço e continuemos a sonhar com um mundo mais fraterno e feliz.

  8. Wilson Estrella

    Obrigado por facilitar o acesso ao Wikileaks. Parabéns.

  9. Mário SF Alves

    Vida longa, menina! Seu trabalho é notável. E é estarrecedor saber como “eles” nos vêem. Em momentos como esse não consigo esquecer o Henfil. Enquanto isso… na mídia PIG corporativa, nada. Quase toda ela fora de órbita.
    Olha claro que o foco da atenção está ajustado, e muito bem ajustado, mas tem um outro front importante por aí: é o ACTA. Segue o link: http://www.outraspalavras.net/2010/03/26/como-o-acta-ameaca-nossa-liberdade/
    Toda a sorte!

  10. Estamos todos nós, ávidos por toda esta cobertura jornalística, ainda que demore.

  11. Haroldo Barbosa

    O que estamos vendo é só a ponta do iceberg. OBUSH/ama e seus antecessores continuam vendo o mundo e demais governantes como marionetes. Quem achava que a espionagem, operações ilegais, assassinatos e perseguições por parte dos norte-americanos era coisa da guerra fria, agora deve mudar de ideia. Pena que não haja um cablegate em cada governo. Agora não tenhamos ilusão que a grande mídia continua dando as cartas e impondo a censura. Como disse, isso é apenas a ponta, mas a pontinha mesmo do iceberg. De qualquer modo, vale a pena divulgar e participar. Continue firme!

  12. Será preciso calcar mais forte o pé mais baixo. Boa sorte!

  13. Pingback: A desconstrução dos intermediários | Arlesophia

  14. Paulo Padilha

    parabéns pelo otimo trabalho que voce tem feito até agora! Espero que voce possa escrever mais sobre o processo de trabalhar com o WikiLeaks, alem das reportagens em si, achei fascinante. Gostaria de saber como começou, se voce ja tinha contato com eles ou se eles entraram em contato com voce, e como as coisas tem mudado na medida em que o governo americano tem apertado o cerco contra eles.

  15. Sinto-me muito feliz com essa aceleração histórica que, embora venha ocorrendo já há alguns anos, fica mais evidente agora com o caso WikiLeaks.

  16. Parabéns Natália e Carta Capital pela coragem!

    Aproveito para ajudar a divulgar a iniciativa do Avaaz, que formulou uma petição contra a campanha em massa das grandes corporações para acabar com o Wikileaks. Assinem também.

    http://www.avaaz.org/en/wikileaks_petition/?rc=fb

  17. Omedetou (parabéns), Natalia e Carta Capital!
    Minha geração, todos, queriam ser um novo Ralph Nader. Acho que essa vai querer ser um, outro, Julian Assange.
    Paz na Web aos Homens de Boa Postagem.
    ( eu sigo um dístico: Aos Amigos, Tudo! aos inimigos, o youtube!
    parece que vou, ter que, mudar para: aos inimigos, o Wikileaks!)

  18. ótimo, Natália.
    Que a Verdade prevaleça na imprensa e nos governos.

    Parodiando o Marcos acima:
    “Vida longa ao WikiLeaks.
    Liberdade para Julian Assange, em nome da Democracia.”

    Bom tabalho.

  19. Parabéns a Natália e Carta Capital!

  20. Joaquim José Guilherme de Aragão

    Essa reportagem sobre as relações entre os embaixadores americanos e o Governo brasileiro mostra uma certa infantilidade da política americana e de seus protagonistas com relação à América Latina. Continuam sendo maniqueístas ao extremo e não entendem nuances entre o preto e o branco. Realmente, dessa forma dificilmente vão entender o Brasil, que sempre teve uma política “matreira”, sem dizer sim nem não (ou melhor, dizendo sim e não ao mesmo tempo), de conquistar sem dominar, de conseguir tudo na base do “sorrizinho”. Essa “técnica” foi levada à pefeição no Governo Lula. Acho que o Departamento de Estado teria de oferecer aos futuros diplomatas no Brasil e na América Latina um estágio obrigatório de dois anos em Minas Gerais…Para entenderem o que se chama “ficar em cima do muro”, de “estar onde sempre esteve”, de “deixar como está para ver como fica”, de “entregar os anéis para não perder os dedos”…

  21. Zé Gaudério

    Esse tipo de informação ainda não massificada é a única que foge do controle dos EUA. Como Estado organizado para guerras, conquistas e terrorismo, começa a tomar conta do planeta a verdadeira e necessária informação sobre relação do império com as nações que espoliam e que julgam subalternas.

  22. Ananias Andrade

    Natália, parabéns.
    Quero poder retuitar seus textos para espalhá-los. Crie os mecanismos de disseminação, por favor.
    Abraços e boa sorte.

  23. Paulo Athaydes

    Sei que é repetitivo, mas aí vai: Parabéns Natália, Assange, Wikileaks e Carta Capital.
    Isso é Jornalismo.
    Como sentimos falta disso, falo não só do brasil, mas do mundo todo.
    A velha mídia brasileira vai ter de se adaptar aos novos tempos ou afundar.
    Enquanto isso celebremos a nova mídia, novas reportagens, fatos, análises e bom texto.
    Muito obrigado a todos.

  24. Pingback: Tweets that mention Na linha de frente | Natalia Viana -- Topsy.com

  25. Eduardo Viveiros

    O Wikileaks e jornalistas como oxigenam, renovam o jornalismo. Que bela iniciativa! Muitos “analistas” de política (nacional e internacional) devem estar preocupados: alguns deles foram mais realistas do que o rei, e agora o rei está nú. Imagine então os bajuladores do rei… Parabéns Natália, e bom trabalho! Eduardo Viveiros de Freitas, cientista político.

  26. É com satisfação que encontro esse espaço, torço fervorosamente para que seus esforços sejam recompensados, de minha parte já estarei ajudando vou encaminhar este link para todos de minha confiança. Abraços

  27. Os reis do mundo já não podem mais fazer das mídias a Assessoria de Imprensa deles. É uma revolução !

    O que se pode fazer contra a verdade, se não a própria verdade?!
    Muito bom!

  28. Um bom projeto. Não sei o que significa. mas há uma série de documentos sobre o Senador Jereissati que talvez que brasília, ja vi, podia esclarecer, se valesse a pena.

    https://obicho.wordpress.com/2010/12/06/wikileaks_archive-7z-juliusbaer-e-ancanajo/

    Bom trabalhos para vocês!

  29. Maravilhoso.

  30. Parbéns pela iniciativa, espero que dê frutos. Esse episódio do Wikileaks mostrou como precisamos lutar pela liberdade, novamente parabéns!

  31. Ao contrario de muitos, não tenho admiração pelo Assange, tenho INVEJA MESMO, pois ele demonstrou ser diferente, demonstrou não é uma sombra no mundo e sim um ser pensante. Quanto a voce Natalia, parabens pela iniciativa.

    Abraços.

  32. priscila maria presotto

    É isso aí!
    Meu apoio total!

  33. Parabéns !

    Infelizmente a imprensa brasileira tem confundido, intencionalmente, monopólio da mídia com liberdade de imprensa!

    Abraço

  34. Remindo Sauim

    Vai firme, Natália. Caiu a máscara das liberdades do Ocidente. O Wikilears deverá gerar milhares de filhotes em todo o Mundo. Ainda bem que os imperialistas estão em crise. Cancelei minha conta de compra no Amazon, do Paypal e do meu cartão Visa. Se todo mundo fizer o mesmo o império será derrotado. Formiguinhas de todo o mundo…ao trabalho.

  35. Parabens, pela iniciativa. Vou acompanhar e divulgar o blog nas redes sociais!

  36. Ruy Lombardi Mendes

    Olá Natália!
    Quero lhe felicitar primeiramente pelo “ativismo” em prol da verdade.
    Espero que não se tente colar ao Wikileaks a pecha que pegou no Greenpeace, ou seja, uma ideologização do movimento (conduzido por um bando de fanáticos), como a nossa velha mídia tenta impingir ao WL nos diversos noticiários e debates.
    Fiquemos atentos e mobilizados.

  37. silvio de sousa

    Parabéns pela iniciativa e boa sorte para todos/as que abraçaram esse projeto.

  38. É imensa a admiração que sempre tive pelo WikiLeaks desde a sua criação. No início, mais parecia uma espécie de “YouTube paralelo”, mas algo de diferente já estava no ar : A Verdade !

    Verdade nua e crua, dolorosa, pungente, sem cortes mas cortando nos nervos, enfim o WikiLeaks já mostrava desde os seus primeiros passos a que veio.

    Sim, enfrentaremos resistência e isso é parte da InfoGuerra, e sinto-me honrado em fazer parte de uma geração que conseguiu libertar-se das amarras torpes da mídia global, cujos tentáculos são muito maiores do que se imagina.

    Vida longa ao WikiLeaks.

    Liberdade para Julian Assange, em nome da Democracia.

  39. Excelente iniciativa! Acompanharei vocês!

  40. André Marques

    Seu comentário está aguardando moderação.

    Obrigado pela iniciativa, Natália. Estamos juntos com o projeto Wikileaks.
    Abraço e ótimo trabalho!!!

  41. André Marques

    Obrigado pela iniciativa, Natália. Estamos juntos com o projeto Wikileaks.
    Abraço e ótimos trabalho!!!

  42. Parabéns, pelo excelente trabalho !!!
    Sds.

  43. Saúdo esse espaço de informação com qualidade
    Espero poder seguir com mais essa janela para uma imprensa livre. Tema que no Brasil tem sido confundido pelos poderosos que monopolizam a informação a qual os leitores tem acesso.

  44. sou tradutor e advogado com pós em direitos humanos e estudos em relações internacionais. coloco-me à disposição para colaborar na tradução, edição e o que for preciso para esta empreitada. se quiser, pode entrar em contato pelo meu cel 1187792040.

  45. parabéns pelo empenho.

  46. Parabéns pela coragem.

  47. Excelente iniciativa. Desejo a todos vocês perseveranca e coragem pois estao participando de um momento histórico de reviravolta nas relacoes diplomáticas, no papel verdadeiro da imprensa, na questao do controle da internet, mas principalmente, na busca pela transparência dos poderes. É como se máscaras estivessem caindo, ou, finalmente, estivéssemos enxergando que o rei está na verdade nú. Parabéns pela iniciativa e boa sorte a todos. Vou acompanhá-los desde já. Abracos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s