Nos bastidores, o lobby pelo pré-sal

“A indústria de petróleo vai conseguir combater a lei do pré-sal?”. Este é o título de um extenso telegrama enviado pelo consulado americano no Rio de Janeiro a Washington em 2 de dezembro do ano passado.

Como ele, outros cinco telegramas a serem publicados hoje pelo WikiLeaks mostram como a missão americana no Brasil tem acompanhado desde os primeiros rumores até a elaboração das regras para a exploração do pré-sal – e como fazem lobby pelos interesses das petroleiras.

Os documento revelam a insatisfação das pretroleiras com a lei de exploração aprovada pelo Congresso – em especial, com o fato de que a Petrobras será a única operadora – e como elas atuaram fortemente no Senado para mudar a lei.

“Eles são os profissionais e nós somos os amadores”, teria afirmado Patrícia Padral, diretora da americana Chevron no Brasil, sobre a lei proposta pelo governo . Segundo ela, o tucano José Serra teria prometido mudar as regras se fosse eleito presidente.

Partilha

Pouco depois das primeiras propostas para a regulação do pré-sal, o consulado do Rio de Janeiro enviou um telegrama confidencial reunindo as impressões de executivos das petroleiras.

O telegrama de  27 de agosto de 2009 mostra que a exclusividade da Petrobras na exploração é vista como um “anátema” pela indústria.

É que, para o pré-sal, o governo brasileiro mudou o sistema de exploração. As exploradoras não terão, como em outros locais, a concessão dos campos de petróleo, sendo “donas” do petróleo por um deteminado tempo. No pré-sal elas terão que seguir um modelo de partilha, entregando pelo menos 30% à União. Além disso, a Petrobras será a operadora exclusiva.

Para a diretora de relações internacionais da Exxon Mobile, Carla Lacerda, a Petrobras terá todo controle sobre  a compra  de equipamentos, tecnologia e a contratação de pessoal, o que poderia prejudicar os fornecedores americanos.

A diretora de relações governamentais da Chevron, Patrícia Padral, vai mais longe, acusando o governo de fazer uso “político” do modelo.

Outra decisão bastante criticada é a criação da estatal PetroSal para administrar as novas reservas.

Fernando José Cunha, diretor-geral da Petrobras para África, Ásia, e Eurásia,  chega a dizer ao representante econômico do consulado que a nova empresa iria acabar minando recursos da Petrobrás. O único fim, para ele, seria político: “O PMDB precisa da sua própria empresa”.

Mesmo com tanta reclamação, o telegrama deixa claro que as empresas americanas querem ficar no Brasil para explorar o pré-sal.

Para a Exxon Mobile, o mercado brasileiro é atraente em especial considerando o acesso cada vez mais limitado às reservas no mundo todo.

“As regras sempre podem mudar depois”, teria afirmado Patrícia Padral, da Chevron.

Combatendo a lei

Essa mesma a postura teria sido transmitida pelo pré-candidtao do PSDB a presidência José Serra, segundo outro telegrama enviado a Washington em 2 de dezembro de 2009.

O telegrama intitulado “A indústria de petróleo vai conseguir combater a lei do pré-sal?” detalha a estratégia de lobby adotada pela indústria no Congresso.

Uma das maiores preocupações dos americanos era que o modelo favorecesse a competição chinesa, já que a empresa estatal da China, poderia oferecer mais lucros ao governo brasileiro.

Patrícia Padral teria reclamado da apatia da oposição: “O PSDB não apareceu neste debate”.

Segundo ela, José Serra se opunha à lei, mas não demonstrava “senso de urgência”. “Deixa esses caras (do PT) fazerem o que eles quiserem. As rodadas de licitações não vão acontecer, e aí nós vamos mostrar a todos que o modelo antigo funcionava… E nós mudaremos de volta”, teria dito o pré-candidato.

O jeito, segundo Padral, era se resignar. “Eles são os profissionais e nós somos os amadores”, teria dito sobre o assessor da presidência Marco Aurelio Garcia e o secretário de comunicação Franklin Martins, grandes articuladores da legislação.

“Com a indústria resignada com a aprovação da lei na Câmara dos Deputados, a estratégia agora é recrutar novos parceiros para trabalhar no Senado, buscando aprovar emendas essenciais na lei, assim como empurrar a decisão para depois das eleições de outubro”, conclui o telegrama do consulado.

Entre os parceiros, o OGX, do empresário Eike Batista, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e a Confederação Naiconal das Indústrias (CNI).

“Lacerda, da Exxon, disse que a indústria planeja fazer um ‘marcação cerrada’ no Senado, mas, em todos os casos, a Exxon também iria trabalhar por conta própria para fazer lobby”.

Já a Chevron afirmou que o futuro embaixador, Thomas Shannon, poderia ter grande influência nesse debate – e pressionou pela confirmação do seu nome no Congresso americano.

“As empresas vão ter que ser cuidadosas”, conclui o documento. “Diversos contatos no Congresso (brasileiro) avaliam que, ao falar mais abertamente sobre o assunto, as empresas de petróleo estrangeiras correm o risco de galvanizar o sentimento nacionalista sobre o tema e prejudicar a sua causa”.

Anúncios

33 Respostas para “Nos bastidores, o lobby pelo pré-sal

  1. Laércio malfatti

    Este assunto, com os mesmos interlocutores, já havia sido divulgado na época dos acontecimentos. Refiro-me a Ian Bremmer, da Foreign Policy, quando sugeriu cautela nos negócios de investimento no Brasil frente a possibilidade da eleição de Dilma Rousseff. Tratou do caso do marco regulatório do pré-sal como reversível no caso da eleição de José Serra. Citou afinidade de interesses entre as petroleiras e José Serra.
    Ian Bremmer deve estar bem informado para orientar investidores internacionais.

  2. complicado quando os produtos nacionais viram moeda de troca no Congresso. Por isso nosso ‘aluguel’ pra habitar a terrra brasilis fica cada vez mais caro!

  3. Força aérea norte-americana bloqueia acesso a sites de jornais que estão divulgando os telegramas vazados. De todos os jornais do Brasil alguns quatro fizeram matéria sobre sobre o tema de Serra: “http://www.jornalofarol.com.br/ver-noticia.asp?codigo=6921”; “http://www.vermelho.org.br/es/noticia.php?id_noticia=143730&id_secao=67”; “http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/wikileaks+eua+estavam+preocupados+com+exploracao+do+presal/n1237864564540.html”; “http://www.redebrasilatual.com.br/temas/politica/2010/12/wikileaks-serra-prometeu-mudar-regras-do-pre-sal-para-privilegiar-petroleiras”. Daqui a alguns dias talvez não estejam mais disponíveis…

  4. Claro, talvez então devamos deixar o petróleo na mão de um monópolio oficial, e continuar pagando um dos combustíveis mais caros do mundo.

    O ideal era abrir mesmo a concorrência de vez, e tirar o petróleo da mão de um grande grupo só.

  5. wellingto de o. moraes

    existe basicamente, dois tipos de politico, independente de partido, os que lutam por interesses do brasil y os que lutam contra o brasil.

  6. Patriarca da Paciência

    O Serra cada vez encolhe mais no conceito dos brasileiros.

    Esse cara vai sumir!

  7. lobby é crime no Brasil! Já acionaram a justiça brasileira?

  8. jurandir chamusca

    Daqui a pouco o Serra vai dizer que o Wikileaks é um site sujo, uma armação internacional para difamar os arautos da verdade.
    Temos obrigação de criar um grande estardalhaço com esse crime de lesa pátria. Temos que fazer à nossa maneira pois quem cria a pauta que discutimos (mensalão, aborto, Sarney) são os lambe botas da PIG.
    Provamos, durante a campanha eleitoral, sermos capazes de deter a avalanche de calúnias e boatos que assolou o país. Vamos bater forte nesse assunto pois estamos falando de uma maldição chamada PETRÓLEO.
    Vamos nós pautar o assunto.

  9. SérgioFerraz

    E o diretor da Petrobrás, informante de americano, já foi demitido?

    Como são entreguistas estes tucanos !!!

  10. Lobby hein! o PSDB? o Serra? não acredito! e olha que nem presidente era… imaginasse se fosse… vendia até as próprias calças…
    E lembram-se de uma reportagem sobre uma suposta reunião com do FHC com empresas estrangeiras em Foz… aham isso dá o que pensar…

  11. Serra x Pre-Sal: está dada a senha

    Faz todo o sentido! Olha o que publiquei em 11/10 no site do Nassif:

    Acho que a senha é clara. A entrevista do Zylbersztajn pode ser lida como: “Atenção Esso, BP, Total, Repsol e cia: venham financiar a campanha do Serra que nós defenderemos os seus interesses! Vamos rever esse negócio de partilha e tudo vai voltar ao que era antes!”

  12. Fabricio de Carvalho

    Por muito menos chinelearam a Erenice . E AGORA TUCANADA EXPLICA AÍ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  13. Só achei esse cable:

    http://213.251.145.96/cable/2009/11/09SAOPAULO660.html

    Por favor, poste o link para o referido telegrama.

    Roger

  14. Dúvido muito que estas informações venham a público pela grande mídia. Eles vão é ignorar, e se atingir alguma repercursão irão difamar, alegando que foram traduzidas de forma incorreta, ou que os e-mails e telegramas são falsos, criados por interesses escusos.

  15. David Rodrigues da Silva

    Que o PIG e os Tucanos/PFL são entreguistas e serviçais do Tio Sam, já sabíamos. O Wikileaks trouxe as provas de forma inapelável. O Povo tem que saber que alguns senadores do PSDB/PFL/DEM são informantes do Tio Sam e está a serviço do mesmo e contra os interesses do Povo Brasileiro. O PIG e seus sabujos jornalistas opinativos também são ENTREGUISTAS e Traidores. Bandidos! de Belo Horizonte.

  16. Serra para Presidente… dos EUA…

  17. Eugênio L. Sarmento

    Nenhuma surpresa com o posicionamento do Serra e muito menos de executivos brasileiros que trabalham em multinacionais do petróleo.
    O que eles mais desejam é uma nova versão da privataria que ocorreu no malfadado governo FHC.

  18. Belo trabalho Natalia!

    Avise seus amigos do Wikileaks que os jornais que eles escolheram para repercutir com exclusividade o material estão fazendo um péssimo trabalho. O Globo simplesmente omitiu que o Serra prometeu à Chevron rever o marco regulatório do pré-sal. E a folha, ao contrário do que vinha fazendo até então com os outros telegramas, não divulgou a matéria no site folha.com.

  19. Pingback: WikiLeaks | The “This Oil Is Ours” Factor « The New World Lusophone Sousaphone

  20. Duas charges que retratam bem esses “bastidores” do Pré-Sal: “Me passa o pré-sal?”: http://twitpic.com/3fkc46 – Charge do dia 18/05/2010: CPI da Petrobrás: http://t.co/l6DxEXl

  21. Não tenho visto isto sendo divulgado na mídia nacional, só na internacional.
    .
    Existe um movimento de ataques hackers pró-wikileaks para todos, pelo grupo Anonymous, que lançou o movimento de vingança contra a prisão de Assange através de ataques aos sites dos inimigos da wikileaks, como Paypal, Master Card, Visa, Sarah Palin, etc. através do software DDoS “Low orbit Ion Canon” disponível a todos que queiram participar. Ver foto em http://www.spiegel.de/images/image-160212-galleryV9-tosb.jpg.
    .
    Lembrando que este procedimento é ilegal.

  22. Zé Gaudério

    Este seria um propício momento de os bem informados convencerem algumas dezenas de outros a ir para as ruas realizar fortes manifestações a favor da verdadeira liberdade de expressão, não aquela, de linha empresarial tão defendida pelos grupos Abril, Estadão, Globo, FSP e Band. Sobre as revelações elas não chocam quem conhece a podridão da burguesia brasileira e suas ramificações com o imperialismo.

  23. Incrivel, incrivel…Parabens á todos.

  24. Então é isso mesmo que a gente já pensava.O Serra ia entregar o ouro preto para os gringos.Grande Cafajeste e viva Flanklin Martins.Agora eles já sabem que não estão lidando com colonizados mais.Somos donos do nosso nariz.Um abração para você menina Natália.Aguardamos mais notícias.

  25. Links ?

  26. Alguns post do Twitter sobre o WikiLeaks / Assange

    #WikiLeaks na definição de Che Guevara:”Os poderosos podem matar uma, duas ou três rosas, mas jamais conseguirão deter a primavera” (http://3.ly/G32a)

    O #Wikileaks na definição de Voltaire “É perigoso ter razão em assuntos sobre os quais as autoridades estão erradas.” (http://3.ly/W83G)

    O #WikiLeaks na definição de Karl Marx e Friedrich Engels http://3.ly/f6PW (http://3.ly/CVy9)

    http://www.meneame.net/story/periodico-frances-liberation-toma-partido-desde-hoy-aloja-fr

    A prisão do #Assange me lembrou a história do sujeito que pegou a mulher com o amante no sofá. Tomou uma decisão drástica: vendeu o sofá (http://3.ly/nzC8)

    Comentário de Martin Luther King sobre a prisão do #Assange:”O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons …” #WikiLeaks (http://3.ly/tKdf)

    #Lula ouve apelo de Martin Luther King sobre prisão de #Assange http://3.ly/TCdC e solidariza com o criador do #WikiLeaks http://is.gd/irBGX (http://3.ly/dD8h)

    Jesus Divino Barbosa de Souza
    http://twitter.com/JesusDivino
    http://jesusprev.zip.net/

  27. Carla Muniz Carvalho

    Temos que ficar de olhos bem abertos e voltados para os nossos deputados e senadores. Nossa marcação cerrada irá impedí-los de seguir ordens imperialistas dos EUA(como é revoltante comprovar que os EUA interferem em nosso congresso nacional). Eles atuam em sintonia com a nossa vergonha Grande Imprensa que adora entregar as nossas riquezas e desmanchar todas as benesses que irão alavancar o nosso país! Precisamos ficar atentos. Uma idéia é uma mídia alternativa para acompanhar todos os passos dos nossos congressistas e até os bastidores de aprovações das leis…se nós, os maiores interessados, não fizermos presentes em nosso congresso podem ter a certeza que interesses “escusos” serão maquiados por esses imperialistas fortemente blindados por brasileiros integristas da Grande Imprensa desse país! A Grande Imprensa, CLARO, tem o ofício de desinformar e afastar os cidadãos do nosso congresso, assim fica mais fácil aprovar as fraudes deturpadoras. Cidadãos brasileiros precisam ser presentes dentro do congresso nacional com uma mídia alternativa que informa tudo o que acontece por lá e mais um pouco!
    Esse país é dos brasileiros e não dos intreguistas hipócritas!

    Abraços!

  28. Yawara Nanbiquara

    Sim, Sim, por favor bote os links originais.

    Valeu…

  29. Assim quem não sabia tem a chance de saber agora: Quem esta do lado de quem. Tem diretorzinho da Petrobras fazendo lobby para americano, tem A FIESP, tem o Serra que todos sabem só ia mesmo mostrar as garras depois da eleição. e assim “La Nave Vá”
    Vamos aproveitar enquanto dá essa liberdade de saber quem tem o rabo preso com quem.
    Com a palavra os Tucanos

  30. Oi Castor,

    Claro, é isso que estamos tentando fazer. Infelizmente o site está com problemas técnicos e é por isso que os telegramas têm demorado para entrar no ar… Mas aviso assim que estiverem disponíveis.

  31. Prezada Natália
    Quando puder poderia enviar os “cables” (ou “links”) originais? Facilitaria nosso entendimento…
    Abraço
    Castor

  32. Isso vai feder… Xi… ô se vai.
    Lobby é crime no Brasil. Nos USA não … Mas enfim, se tudo usa…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s