Não esqueceremos o Haiti

A partir de hoje, passado mais de um ano da tragédia que devastou o Haiti, matando 250 mil pessoas e desabrigando 1,5 milhão, o WikiLeaks vai publicar documentos referentes à presença brasileira no país.

Até hoje, de acordo com o banco Mundial, apenas 1,2 bilhão de dólares foram enviados ao país, embora a comunidade internacional tenha prometido  5,3 bilhões de dólares.

Boa parte da novela da história recente do Haiti se desenrolou nas conversas entre diplomatas americanos e brasileiros. Os documentos relatam as negociações para a entrada das forças brasileiras, a aliança com os EUA e a resposta ao terremoto no começo de 2010.

Eu vou publicar alguns posts ao longo do dia. Acompanhem.

Anúncios

Uma resposta para “Não esqueceremos o Haiti

  1. Médicos cubanos no Haiti deixam o mundo envergonhado

    Números divulgados na semana passada mostram que o pessoal médico cubano, trabalhando em 40 centros em todo o Haiti, tem tratado mais de 30.000 doentes de cólera desde outubro. Eles são o maior contingente estrangeiro, tratando cerca de 40% de todos os doentes de cólera. (…) Uma brigada de 1.200 médicos cubanos está operando em todo o Haiti (…)

    http://www.casadaamericalatina.org.br/?q=node/23#comment-254

    E ainda criticam Cuba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s