Entreviste Julian Assange

O fundador do WikiLeaks vai dar uma entrevista exclusiva para o público brasileiro.

A ideia é aumentar a comunicação direta com o Brasil, abrindo espaço para perguntas dos internautas.

Todo mundo pode participar. Basta enviar a sua pergunta como um comentário neste blog, incluindo nome completo e email para contato.

Eu e o pessoal do WikiLeaks vamos selecionar dez perguntas que serão respondidas por Julian.

Vamos selecionar em especial perguntas originais – já que o Julian deu muitas entrevistas ultimamente – e que tenham relevância para o público brasileiro  e para o atual momento do WikiLeaks.

Claro, nem todo mundo será contemplado, mas a ideia que a entrevista seja o mais democrática possível.

As perguntas podem ser enviadas até as 18 horas da próxima sexta-feira, dia 21 de janeiro.

Já a entrevista vai ser publicada na próxima semana – somente na internet.

Contamos com a sua participação!

Anúncios

61 Respostas para “Entreviste Julian Assange

  1. janio antonio silva

    As redes sociais são a nova revolução, o povo com poder de decisão, Julian, como voce ve esta nova conexão de forças, como fica a relação estado-sociedade, em tempos de globalização e redes sociais.

  2. ingred crosara

    Não sei se esta mensagem vai chegar, aliás nenhuma chegou. Julian Assange parabéns pelo que tem feito , estou em oração por voce, só o Senhor dos senhores o Rei dos reis , seu Salvador Jesus que morreu na cruz que não foi por brincadeira, mas por voce, voce tem tirado forças , creio que Deus tem sido contigo. Em Nome de Jesus. Amém

  3. Audalice Hildebrando

    Olá Natália, sei que mandei a pergunta a vc dia 21 e gostaria de saber se vc a viu.. Obrigada

  4. saulo oliveira

    Gostaria imensamente de saber se existe alguma conversa entre autoridades Brasileiras e pessoas ligadas ao grupo sendero luminoso.

  5. estou sugerindo que todos se fantasiem de preto (luto) no carnaval.
    cada um prepare sua faixa de protesto.

  6. Bernardo Doutel , considero o non-senso absurdo da contradição simplesmente discutir elementos importantes da liberdade de expressão e direitos autorais para justificar a censura disfarçada como maquiagem, digo censura pois não tem quaisquer respaldos legais ou argumentos mensuraveis como a exemplo do que venho sofrido. Por tanto tome vergonha e aprenda a ser democrático como o país em que vcive.

    Detestaria ver minha pergunta roubada por um laranja quando na verdade trata EXATAMENTE disto como falado acima. rídicula e sutilmente ditadora tal postura. Falamos por todos e temos o direito por lei de sermos ouvidos saberem quem mandou tal pergunta, o nome disso é responsabilidade.

    De alguém que mandou perguntas com o nome verdadeiro

    • Bernardo Doutel

      Arquivox, eu estou sendo democrático, acho que você não me entendeu. Somente comentei que é ridículo perceber que ao ler alguns comentários aqui, as pessoas estão mais preocupadas em ver o próprio nome escrito na entrevista ao invés de suas perguntas. A moderação que está acontecendo aqui, certamente existe para organizar as perguntas parecidas em temas, para ajudar na seleção. Muito estranho e repugnante seria se houvesse uso de “laranjas” por um veículo de mídia respeitado como a C.capital.

      Qual a diferença do que é feito aqui e nas “cartas de leitores” de qualquer jornal? Você envia uma pergunta, que será avaliada pelo editor, para que se saiba se será utilizada de acordo com o tema e importância. Isto não é censura, ao contrário, é uma organização oriunda da própria democracia conquistada pelos meios midiáticos. Digo mais, graças a nossa luta pela democracia, você ainda pode usar de diversos meios comunicativos para discutir o seu tema com a staff do Wikileaks.

      Agora, com todo respeito, mas você realmente falou isso: “tome vergonha e aprenda a ser democrático como o país que vive” ? Realmente é ridículo o tom de paladino da justiça da mensagem que usou para me responder. Esta maneira sectária e julgadora, preenchida de soberba, só pode ser originária de alguém que certamente trabalha no meio jurídico – lugar de poucas pessoas maravilhosas e muitos indivíduos de falácias.

  7. Alexandre Cruce

    Querida Natália:

    Sei que vc deve estar numa correria louca, mas eu gostaria de saber se minha pergunta ao Julian Assange chegou até vc. É que ainda aguardo seu comentário.

    Abraços

  8. Alessandro do Carmo Silva

    Olá, gostaria de saber se o Wikileaks possui documentos relevantes à ocupação do exército brasileiro no Haiti. Se o Wikileaks possui esses documentos, quando eles serão “vazados”?

  9. Bernardo Doutel

    Talvez seja impressão minha, mas ao ver os comentários nesse post percebo que as pessoas estão mais preocupadas com o som da própria voz ao invés de uma entrevista de alta qualidade e importância. Não deveríamos ligar se fulano ou ciclano perguntou, mas sim se foi uma boa entrevista com respostas dignas e sinceras pela parte de Assange.

  10. Rivaldo, de Salvador

    Natália,
    Me tira do limbo do purgatório.
    Seja menos moderada.
    Grato.

    • Oi Rivaldo, sinto muito mas a regra é igual para todos!

      Rsrsrsrs…

      As perguntas ainda serão selecionadas, e os autores das escolhidas vão ficar sabendo, não se preocupe!

      Abraço,

      natalia

      Um abraço,

      Natalia

  11. Gustavo D'Addazio Marques

    Natália,
    minha pergunta não consta na lista abaixo do texto e não recebi e-mail de confirmação se ela foi computada.
    Poderia solucionar minha dúvida?

    Obrigado

  12. Paulo de Campos

    Natalia, você não mencionouse podemos fazer mais de uma pergunta por usuário. podemos ?

  13. Julian eu sou seu fã!

    vcs fizeram o melhor trabalho em dois mil anos que alguém poderia fazer.

  14. Ótima iniciativa! Tb estarei ligada na entrevista.

  15. Julian,
    Queria parabênizá-lo pela coragem que teve ao enfrentar, de peito aberto, o Grande Império. Interesses diversos conspiram contra a divulgação dessas informações, como temos visto. No Brasil, por exemplo, a dita “grande mídia” não dá a devida importância para o assunto. No início das divulgações dos documentos, ao final de 2010, até se noticiou em jornais de
    grande circulação matérias sobre os telegramas. Um sistema que
    conspira contra tudo e contra o povo. A impressão é de que somos títeres em um mecanismo devastador, construído ao longo da história e que de alguma forma foi incorporado à natureza humana. Uma máquina que tem que ser detida, pois somos mais fortes do que isso. Vivemos uma Era de evolução de consciência. A Wikileaks contribuí imensamente para que esta
    evolução ocorra. Somos seres espirituais, organismos vivos do grande organismo que é a Terra. Para a evolução espitual é necessário que nossa casa esteja em harmônia. Ou seja, não conseguimos evoluir se ainda há guerras, fome, miséria. Sabemos o que é necessário para que vivamos uma vida plena. Não a vivemos, ainda, por estarmos presos em grades invisíveis. Só para citar um exemplo, um amigo que protestou contra governantes corruptos foi preso e processado pelo ato. Ele foi agredido por agentes do sistema, policiais. Tentou processar o agressor mas o processo foi arquivado. Os que ele recebeu por desacato, resistência, negação de informação, estão em andamento. Claro, o caso não se compara, em proporções, ao vivenciado por você, mas as situações são as mesmas: protestos contra um sistema vigente. E ainda temos sorte. Governos ditatoriais de algumas nações reforçam ainda mais essas grades. No momento gostaria de pedir alguma dicas de como conseguir cavalos para escaparmos dessa prisão.

    Saudações!
    d@x

  16. Simplesmente para dizer que vou estar antenada na entrevista. Excelente!

  17. Realmente esquisito, quero ser igualmente notificado mediante o envio da pergunta e se foi aceito por vocês a ser respondida igualmente pelo próprio pois soa contrasenso toda tal polêmica e tal postura no site.

    cordialmente, por um sentido
    Grato,

  18. Querida Natália, gostaria de saber quanto tempo se leva para decidir se um comentário é moderado (seja lá o que isso for, pois é muito subjetivo, ser moderado do ponto de vista da redação?) ou não? Há critérios?
    Obrigado

  19. Senhora Natalia, a “moderação” esta com cara de censura, pois minhas perguntas para Assange e para a senhora sumiram. O que está havendo? Acho mais de vinte quatro horas para avaliar uma pergunta é mais do que suficiente. Estou aguardando as respostas endereçadas a senhora, já formulada.

    • Wank, as perguntas serão selecionadas depois de encerrado o período aberto para os leitores enviarem questões, ou seja, na sexta-feira à tarde.

      Um abraço,

      Natalia

  20. Natália,
    Meus comentários ainda continuam “aguardando moderação”.

    Gostaria de receber a confirmação que minha pergunta foi acatada pelo blog.
    Edson Rogerio

  21. As perguntas serão feitas aqui?

  22. Oi Natalia, não é por nada não, mas voce não acha que é antidemocrático não mostrar as perguntas dos outros? Além disso ser contraproducente, né? Quer dizer, se eu ler a pergunta de outro que seja igual à minha, nem preciso fazê-la, não acha? Outra coisa, quem vai “selecionar” as perguntas é confiável? Hmmmm, parece que estou sentindo um cheirinho de podre neste endereço… seria uma pena descobrir que é tudo armação… será que estou enganado?

  23. Por que as perguntas não serão publicadas aqui, Natália? Seria legal (democrático) todos poderem ler quaisquer perguntas.
    E quem vai selecionar as tais? Também seria legal saber…

    Aguardo a moderação da pergunta que enviei ontem.

    Obrigada!

  24. Os Estados Unidos estaão utilizando de diversos recursos para manter a classificação sigilosa de documentos ditos “Informação de Defesa” que podem ferir o Espionage Act e o First Amendment que pregam a punição de civis e empresas jornalísticas e sugere a extradição. Documento, em inglês, diponibiizado pela Biblioteca do Pentágono esclarece o assunto. Acesso pelo link abaixo.
    http://www.fas.org/sgp/crs/secrecy/R41404.pdf

    Valfredo Lima da Silva
    Bibiotecário
    IFBA-SALVADOR

  25. Cara Natalia, bom dia!

    Por favor, posso reproduzir esse texto-convite para o envio de perguntas ao Assange também em meu blog?
    http://www.oblogdochico.blogspot.com
    Muito agradecido e abraços,
    parabéns pela iniciativa,
    Chico Bicudo

  26. Marco Antônio Nogueira

    ASSANGE,

    Conte-nos toda a história
    de DANIEL DANTAS,
    aqui no Brasil e lá fora,
    e seu envolvimento com
    pessoas do Judiciário,
    Legislativo e Executivo

    Marco Nogueira

  27. Gostaria de saber se ele tem alguma informação sobre o acidente envolvendo o Legacy e o avião da Gol em 2006.

  28. Queria que o Assange liberasse (se ele tiver) documentos sobre as privatizações e a era FHC, e saber o que os americanos pensavam em off sobre a privataria

  29. Oi, enviei pergunta mas aqui para mim aparece: “O seu comentário aguarda moderação.” Você recebeu o coment?

  30. Assange derrubou a máscara do bom-mocismo norteamericano, pos a nú a influência nefasta da diplomacia do tio Sam em todo o mundo e o entreguismo de alguns perdigueiros brasileiros dispostos a bajular. Continue, Assange, meu blog existe para acompanhar a vida política da minha cidade e o jogo político internacional que nos afeta diretamente, embora só alguns iniciados saibam disso. Quero te ajudar a abrir a janela e mostrar aos meus parcos leitores que somos os peões nesse xadrez internacional. O mundo é dominado pela propaganda ameriana. Vamos acabar com isso. Um grande abraço e parabéns pelo que já foi publicado. Espero mais revelações.

  31. Valdez Araujo

    Por gemtileza, deixe claro ao Assange que ele é maior que o Wikileaks, e que o sistema criado por ele é maior que a marca WIKILEAKS, então mesmo que o site não siga por conta dos problemas financeiros, ele não se abata e continue trabalhando pelos seus ideiais, mas não mais como um direitor de um site, e sim como um mártir, um idolo, que tem sua voz tão alta capaz do mundo inteiro ouvir.

  32. Victor Rodrigues

    Olá Natália!

    Quero perguntar ao Assange se eles tem documentos para divulgar sobre a atuação dos EUA nos bastidores durante o processo de negociação do Brasil e Turquia com o Irã.

    Como o leak das inspeções nucleares no Brasil saiu recentemente, me parece oportuno vazar mais esses também, rs.. Isto é, vai que saiu algo recente e eu não li..

    Abraço, parabéns pelo excelente trabalho 😉

  33. NATALIA VIANA————–Gostária que ASSANGE e sua equipe vazassem mais documentos os tristes acontecimentos em HONDURAS no ano de 2009———-

  34. Oi gente,

    Descobri o que estava acontecendo e mudei a configuração. Nenhuma pergunta será publicada de agora em diante.

    Abraço,

    Natalia

    • herivelto canales

      Oi, Natália.

      Enviei uma questão ontem, mas ainda não entendi como está funcionando.

      Minha questão está na lista?

      Obrigado.

      • Oi Herivelto.

        Estou guardando todas e vamos fazer a seleção mais pro fim da semana. Mas sossegue, a sua pergunta está na lista sim!

        Abraço,

        Natalia

  35. Lemos um artigo que Assange escreveu “State and Terrorist Conspiracies” (http://iq.org/conspiracies.pdf) em 2006. Mas só encontramos a primeira parte. A segunda parte está lá, anunciada para a semana seguinte, mas ainda não encontramos. Foi escrita? Onde está? Assange continua escrevendo? Onde? Sobre o quê? Sobre o que ele gostaria de falar numa entrevista, mas ninguém lhe perguntou?

  36. CARLOS EDUARDO CIACCO

    Até que ponto as informações que ele possui se divulgadas totalmente podem desestabilizar a paz mundial?
    DE zero a dez qual seria esta possibilidade?

  37. Não entendi nada. Quando, como? Ele vai responder 10 perguntas escolhidas pra quem: “Eu e o pessoal do WikiLeaks”?

    Acho que vale melhorar o chamado.

    Brjs, Eric

  38. Oi João Paulo, me desculpe, a sua pergunta não deveria ter sido publicada. Está anotado.

    Abraço!

  39. Queria perguntar pro Assange se procedem os comentários levantados pelo epistemólogo luso Boaventura, acerca de uma possível “blindagem” de Israel nos documentos postados no wikileaks!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s