Agora sou eu que respondo – III

O Brasil nos últimos 8 anos aumentou consideravelmente sua participação no contexto mundial. Um episódio ainda nebuloso é a morte de Sérgio Viera de Mello. Em agosto de 2003 ele, Sérgio, morreu em um atentado no Iraque. Não há uma explicação lógica sobre este atentado já que eram da ONU e normalmente terroristas não atacam membros da ONU. Após o atentado a ONU praticamente se retirou do Iraque. Este episódio é mencionado ou existem detalhes maiores sobre isto no que deve ser publicado mais adiante?

Nos documentos brasileiros não há menção ao nome se Sérgio Vieira de Mello.

Até quando a folha e o globo terão exclusividade nos documentos liberados pela wikileaks, uma vez que ambos distorcem tanto os fatos, em suas análises, quando se trata de governo brasileiro?

Até o dia 5 de fevereiro, quando acaba a exclusividade. O WikiLeaks e eu estamos avaliando como ampliar o acesso do público ao material.

Gostaria de saber porque só as grandes mídias de direita como a Folha de São Paulo e o O Globo e os outros poucos no mundo, têm acesso aos documentos do Wikileaks ? Porque mídias alternativas não as tem ? Porque o cidadão comum não tem?

O cidadão comum tem acesso a todos os documentos que foram entregues aos jornais Folha e O Globol, só que eles estão sendo publicados aos poucos. Mas já há centenas de documentos muito relevantes no site – e qualquer um pode lê-los e escrever o que bem quiser sobre eles!

Diante dessa descabida política econômica no Brasil, inclusive com o novo governo, onde o BC pratica uma taxa de juros inconcebível, em benefício do tal mercado, e, quem paga a conta é a população de trabalhadores, pergunto: Nos documentos em poder do Wikileaks há algum que mostre essa relação promíscua entre o governo brasileiro e a banca?

Os documentos da embaixada americana no Brasil não revelam essa questão.

Seria interessante que o povo brasileiro tivesse acesso a documentos que lhe permitisse conhecer o papel de parte da corporação da Força Aérea Brasileira que denegriu historicamente a sua imagem, mediante conspirações contra a democracia que remontam as décadas de 40/50. Qual é a possibilidade de dar visibilidade aos mesmos?

Infelizmente os documentos do Cablegate não chegam até datas tão antigas. Os do Brasil vão até 2003, tendo apenas um de 1998.

Gostaria de saber se ele possui alguma informação sobre os escândalos da compra de votos para aprovação da emenda da reeleição e se possui algo sobre o escândalo das sanguessugas.

Entre os documentos do Cablegate não há nenhum que seja dessa época.

Prezado
Julian Assange
Gostaria de saber se você tem documentos relacionados a ONGs na Amazônia , Biopirataria,

Olá, alguns documentos referentes à Amazônia e preservação da floresta já foram publicados em 15 de dezembro do ano passado. Um documento sobre as mudanças propostas para o Código Florestal foi publicado em 18 de dezembro. Leia mais aqui. Clique aqui para lê-lo. Há outros documentos relacionados por exemplo à questão indígena, que serão publicados em breve.

QUERIA SABER SE O ASSANGE TEM DOCUMENTOS QUE DEMONSTRAM A PRESSÃO DA MAFIA AUTORAL DO USA PARA CONTROLE DA INTERNET TUPINIQUIM. Se nos documentos têm o nome do Malta, Azeredo, dos advogados paulistas que tocam o AI5 pra frente, do Partido Republicano, da Record, etc. Sobre a pressão da Embaixada para leis criminalizantes e contra nossos direitos, Ex Oficio, da internet no Brasil. Quem eles contactaram e toda historia de pressões por trás. Apoio da Lei Azeredo, do controle da pornografia na internet, pedofilia online. Pressões sobre a Dilma contra a reforma do Direito Autoral, pressões contra o PT e Dilma pra colocar uma autoralista, como fizeram, no Minc. Enfim, todo documento que ele possuir sobre as pressões para a radicalização do direito autoral no Brasil e da anti-internet.

Olá, os nomes dos deputados são mencionados, mas não em ligação com essa iniciativa – até onde eu consegui apurar. Mas todos serão publicados.

Gostaria de saber se ele possui alguma informação sobre uma possível conexão entre o ACTA e a infame lei azeredo.

Oi, não há nada que mostre essa conexão.

Anúncios

2 Respostas para “Agora sou eu que respondo – III

  1. Natalia,

    Seria interessante um post seu que desse uma ênfase maior ao tipo de documentos revelados pelo wikileaks. Digo isso pois até agora, os veículos de comunicação passaram a impressão de que esse tipo de documentos era secretíssimos. Entretanto, como você expôs em seu blog, ele são apenas “secretos”, ou seja, não estavam na lista dos documentos de suprema importância dos EUA.

    Seria possível você criar um post que esclarecesse essa questão?
    Por ex: Você poderia mostrar uma comparação sobre o nível de criticidade dos documentos do cablegate e iraque.

    Obrigado, continue com seu blog, ele é excelente.

    • Oi felipe,

      Acho ótimo – estava pensando mesmo num post assim. Tem muitas outras questões relacionadas ao “segredo” que aindançao foram disctutidas. Logo logo eu publico. Bj!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s